O ENFERMEIRO ASSEGURANDO O DIREITO À CIDADANIA ATRAVÉS DO RESGATE DE CARTÃO VACINAL

Autores

  • Luisa Barbosa dos Santos Acadêmica do Curso de Bacharelado em Enfermagem da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – FAEMA
  • Léia Siriaco do Carmo Acadêmica do Curso de Bacharelado em Enfermagem da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – FAEMA
  • Sônia Carvalho de Santana Enfermeira, Profa. Ma. do Curso de Bacharelado em Enfermagem da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – FAEMA (Orientadora)

Palavras-chave:

Impacto ambiental, Promoção em saúde, Epidemiologia na população ribeirinha

Resumo

Todos os seres humanos estão suscetíveis a deparar-se com catástrofes ambientais, que provocam consequências sobre a saúde dos cidadãos e do meio ambiente (1). Os temporais, inundações e alagamentos estabelecem um vasto número dessas tragédias. Informações a respeito de inundações mundialmente, mostram que existe uma inclinação do aumento da quantidade de indivíduos susceptíveis e prejudicados por esses acontecimentos (2). Em ocorrência de tragédias naturais, como enchentes, existe procura natural da comunidade por meios que venham a diminuir os efeitos e perigos sequentes, nota-se busca por campanhas de imunização e recuperação do cartão vacinal como resgate da cidadania (3). No que se refere a atuação do profissional enfermeiro frente a atendimento de vítimas de desastre naturais é relevante ressaltar sobre o tema, visto que o enfermeiro pode desenvolver através de seus saberes intervenções significativas no que diz respeito ao resgate da sua dignidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-08-26

Como Citar

Santos, L. B. dos ., Carmo, L. S. do ., & Santana, S. C. de . (2020). O ENFERMEIRO ASSEGURANDO O DIREITO À CIDADANIA ATRAVÉS DO RESGATE DE CARTÃO VACINAL. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 10(edespenf), 68–72. Recuperado de https://revista.faema.edu.br/index.php/Revista-FAEMA/article/view/1123