CORRELAÇÃO DA FADIGA COM A TENSÃO, ANSIEDADE E VIGOR EM PACIENTES DIALÍTICOS

Autores

Palavras-chave:

Diálise, Fadiga, Ansiedade, Doença Renal Crônica

Resumo

A Doença Renal Crônica (DRC) é uma disfunção irreversível, caracterizada pela perda lenta e progressiva da função e estrutura renal. Um indivíduo é diagnosticado quando manifesta, por uma duração igual ou maior que três meses, a taxa de filtração glomerular (TGF) <60mL/min/1,73m², proteinúria >30mg por 24h, alterações hidroeletrolíticas, transplante renal prévio, dano renal ou alteração no exame de imagem. Dentre os principais fatores de risco, encontra-se: a presença de diabetes mellitus, hipertensão, tabagismo, histórico de doença renal na família, obesidade, uso crônico de medicamentos anti-inflamatórios e doenças autoimunes. O objetivo deste trabalho foi analisar as possíveis correlações da fadiga com a tensão, ansiedade e vigor na população dialítica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-11-26

Como Citar

Soares, E. K. dos S., Trassi, A. G., Martins, Y. de L. X., & Figueira Junior, A. (2022). CORRELAÇÃO DA FADIGA COM A TENSÃO, ANSIEDADE E VIGOR EM PACIENTES DIALÍTICOS. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 13(edespjmcpc). Recuperado de https://revista.faema.edu.br/index.php/Revista-FAEMA/article/view/1187