ENSINANDO LÍNGUA PORTUGUESA PARA PESSOAS SURDAS NUMA PERSPECTIVA DE SEGUNDA LÍNGUA

Autores

  • Mario Mecenas Pagani FAEMA
  • Irma Margarida Kuhn Faema
  • Mirian de Lima Mendes Faema
  • Rizélia da Silva Lima

DOI:

https://doi.org/10.31072/rcf.v3i1.120

Palavras-chave:

Surdez, Língua de Sinais, Bilinguismo, Português como Segunda Língua.

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão sobre o caminho percorrido no processo de ensino e aprendizagem da pessoa surda, bem como, orientações pedagógicas que vem de encontro com as práticas inclusivas propostas nos documentos que orientam a educação brasileira. Traz a trajetória da educação mostrando as mudanças e práticas utilizadas no passado e as práticas metodológicas atuais. O trabalho revela a partir de buscas bibliográficas a importância do ensino da língua portuguesa como segunda língua (L2) para o aluno com surdez, bem como a necessidade de se utilizar a língua de sinais como língua de instrução em sala de aula principalmente para o ensino do Português como (L2).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mario Mecenas Pagani, FAEMA

Educação Física

Downloads

Publicado

2012-06-30

Como Citar

Pagani, M. M., Kuhn, I. M., Mendes, M. de L., & Lima, R. da S. (2012). ENSINANDO LÍNGUA PORTUGUESA PARA PESSOAS SURDAS NUMA PERSPECTIVA DE SEGUNDA LÍNGUA. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 3(1), 77–93. https://doi.org/10.31072/rcf.v3i1.120

Edição

Seção

Artigos (Ciências da Educação)