HERMENÊUTICA DO CONSTRUTIVISMO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM

Autores

  • Eduardo Beltrão de Lucena Córdula PRODEMA-UFPB

DOI:

https://doi.org/10.31072/rcf.v4i1.147

Palavras-chave:

Jean Piaget, Construtivismo, Emília Ferreiro, Educação

Resumo

A hermenêutica no construtivismo, através da teoria da Epistemologia Genética de Jean Piaget, busca conhecer, entender a aplicar este processo na sala de aula para a plena formação do docente. Popularizada como cognitivista e que teve como sua precursora na América Latina a pesquisadora Emilia Ferreiro, que através dos seus estudos em Psicogênese da Língua Escrita – construtivismo – teve grande aceitação e expansão dela, não só no nível de alfabetização, mas também, em todos os níveis de ensino da Educação Básica, além de se tornar uma referência em como ministrar os conteúdos curriculares de formar a conhecer, respeitar e edificar o saber junto com o educando, cabendo ao professor(a), através de seu domínio desta metodologia planejar e ministrar suas aulas no universo da sala, para formar um ser humano que atenda as reais necessidades da sociedade contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Beltrão de Lucena Córdula, PRODEMA-UFPB

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente - UFPB (2013), Especialista em Supervisão Escolar - IESP (2009), Licenciado em Biologia - UFPB (2002), Diretor da SEMA/Cabedelo-PB; Pesquisador do GEPEA/GEPEC da UFPB/CE.

Downloads

Publicado

2013-07-21

Como Citar

Beltrão de Lucena Córdula, E. (2013). HERMENÊUTICA DO CONSTRUTIVISMO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 4(1), 81–88. https://doi.org/10.31072/rcf.v4i1.147

Edição

Seção

Artigos (Ciências da Educação)