DISTÚRBIOS OSTEOMUSCULARES RELACIONADOS AO TRABALHO EM CARTEIROS

Autores

  • Mario Mecenas Pagani FAEMA
  • Millena Pancotti Ragnini Uniron

DOI:

https://doi.org/10.31072/rcf.v4i1.151

Palavras-chave:

Saúde, Carteiros, Distúrbios Osteomusculares, Trabalho.

Resumo

Inúmeros estudos têm relacionado o desenvolvimento de doenças em trabalhadores denominadas de Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT), com a adoção de posturas inadequadas, sobrecarga de trabalho e stress para a realização de suas atividades durante a jornada laboral, as quais foram denominadas de doenças relacionadas com o trabalho ou doenças ocupacionais. Este artigo de revisão teve como objetivo identificar quais os principais desconfortos que afetam a vida profissional do carteiro no Brasil e no mundo. O desenvolvimento do DORT é ocasionado por diversas causas e os principais fatores de riscos são os biomecânicos, organizacionais, ambientais, psicoemocionais, estresse, entre outros. Os locais do corpo que mais apresentaram desconfortos nos carteiros por ordem de incidência foram: a coluna lombar, coluna torácica, ombros, joelhos, pescoço, punho/mão, tornozelo e coxas. Conduzindo intervalos periódicos de descanso durante a jornada de trabalho e a implantação de um programa de ginástica laboral, poderia ser o melhor caminho para prevenir os desconfortos físico e psicossomáticos destes profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mario Mecenas Pagani, FAEMA

Educação Física

Downloads

Publicado

2013-07-21

Como Citar

Pagani, M. M., & Ragnini, M. P. (2013). DISTÚRBIOS OSTEOMUSCULARES RELACIONADOS AO TRABALHO EM CARTEIROS. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 4(1), 27–40. https://doi.org/10.31072/rcf.v4i1.151

Edição

Seção

Artigos (Ciências da Saúde)