POLÍTICAS PÚBLICAS E A GESTÃO DE EMPRENDIMENTO PERIURBANO DE AGRICULTURA FAMILIAR EM PONTES E LACERDA-MT

Autores

  • José Kennedy Lopes Silva
  • Mariluce Paes de Souza
  • Naila Fernanda Sbsczk Pereira Meneguetti
  • Larissa Ananda Paiva Maciel
  • Anderson Assunção

DOI:

https://doi.org/10.31072/rcf.v4i1.164

Palavras-chave:

Políticas Públicas, Gestão de Empreendimentos, Agricultura Familiar, Amazônia-Legal

Resumo

No primeiro elo de cadeia produtiva de qualquer ramo do agronegócio brasileiro encontra-se pequenos empreendimentos de agricultura familiar. No entanto, verifica-se o não alcance das políticas públicas a estes, notadamente ao que se refere a formas de gestão deste tipo de empreendimento rural. Este trabalho tem como objetivo descrever o processo de produção e gestão de um empreendimento periurbano de agricultura familiar, discutindo a abordagem das políticas públicas direcionadas aos agricultores familiares de pequenas propriedades. Os métodos desta pesquisa foram qualitativos e bibliográficos. Também foram utilizadas técnicas de observação e entrevista em um estudo de campo. Este estudo apresenta em seus resultados e discussões a necessidade de se aprimorar a comunicação entre a execução das políticas públicas e métodos de gestão de empreendimento rural aos agricultores pesquisados. Conclui-se que é necessária uma ampla discussão com os órgãos públicos responsáveis pelas políticas públicas e gestão de empreendimentos rurais tais como: Sindicato Municipal Rural, Secretaria de Agricultura do Município de Pontes e Lacerda-MT e do Estado de Mato Grosso e Ministérios e órgãos do Governo Federal ligado aos processos da agricultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-07-21

Como Citar

Silva, J. K. L., Paes de Souza, M., Meneguetti, N. F. S. P., Maciel, L. A. P., & Assunção, A. (2013). POLÍTICAS PÚBLICAS E A GESTÃO DE EMPRENDIMENTO PERIURBANO DE AGRICULTURA FAMILIAR EM PONTES E LACERDA-MT. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 4(1), 89–105. https://doi.org/10.31072/rcf.v4i1.164

Edição

Seção

Artigos (Ciências Sociais e Humanas)