ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA PARTICIPAÇÃO SOCIAL: ESTRATÉGIAS PARA EDUCAÇÃO EM SAÚDE

Autores

  • Rafael Alves Pereira Faculdade de Educação e Meio Ambiente - FAEMA
  • Silvia Michelly Rossetto
  • Rosani Aparecida Alves Souza
  • Jessica de Sousa Vale

DOI:

https://doi.org/10.31072/rcf.v5i2.246

Palavras-chave:

Educação em Saúde, Promoção em Saúde, Empoderamento

Resumo

A Promoção de Saúde é vista hoje como uma importante ferramenta para a diminuição dos riscos de adoecimento da população, onde a equipe multidisciplinar deve elaborar medidas de prevenção e proteção à saúde, a partir da necessidade de cada comunidade. A Educação em Saúde vem sendo compreendida como principal artifício para a conscientização da população, onde foi trabalhada no início do século XX e foi aprimorada ao longo do tempo, tendo por objetivo transmitir o conhecimento do profissional de saúde para a comunidade, tornando-os capazes de tomarem decisões sobre sua própria saúde. Foram utilizadas bases de dados em plataformas de dados eletrônicas (BVS, Scielo, LILACS) e acervo bibliográfico da Biblioteca Júlio Bordignon – FAEMA. Considera-se o enfermeiro como peça fundamental para o empoderamento da população, sendo importante a construção de um vínculo estreito entre enfermeiro/comunidade para que sejam trabalhadas as informações pertinentes a saúde, escolhendo a metodologia correta que pode ser utilizada com cada comunidade, de modo que a população seja capaz de decidir sobre sua saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-16

Como Citar

Alves Pereira, R., Rossetto, S. M., Alves Souza, R. A., & de Sousa Vale, J. (2014). ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA PARTICIPAÇÃO SOCIAL: ESTRATÉGIAS PARA EDUCAÇÃO EM SAÚDE. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 5(2), 139–155. https://doi.org/10.31072/rcf.v5i2.246

Edição

Seção

Artigos (Ciências da Saúde)