ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO JUNTO AO PACIENTE ONCOLÓGICO INFANTIL E SEUS FAMILIARES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31072/rcf.v6i1.303

Palavras-chave:

Câncer Infantil, Psico-oncologia, Intervenção Psico-oncológica familiar, Psico-oncologia Pediátrica.

Resumo

A prática da Psico-oncologia é de fundamental importância, na área da psicologia, uma vez que o apoio psicossocial junto ao paciente infantil oncológico e seus familiares é um suporte indispensável neste momento de vulnerabilidade. O profissional de psicologia possui uma prática diferenciada em comparação aos demais profissionais de uma equipe de saúde, pois é sua atribuição intervir no que diz respeito à saúde mental tanto do paciente, quanto dos seus familiares, proporcionando-lhes o bem estar e a melhor qualidade de vida. Deste modo, foi realizada uma pesquisa bibliográfica, com uma revisão sistemática de literatura, nas bases de dados da Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), no google acadêmico, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), na Scientific Electronic Library Online (Scielo), livros e acervo da Biblioteca Júlio Bordignon da Faculdade de Educação e Meio Ambiente - FAEMA, em Ariquemes-RO. Enfatizando que por meio desse estudo foi possível verificar a importância da atuação do psicólogo junto ao paciente oncológico pediátrico e seus familiares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-07-01

Como Citar

Dias Oliveira da Paz, C. E., & De Oliveira, I. A. (2015). ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO JUNTO AO PACIENTE ONCOLÓGICO INFANTIL E SEUS FAMILIARES. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 6(1), 172–192. https://doi.org/10.31072/rcf.v6i1.303

Edição

Seção

Artigos (Ciências Sociais e Humanas)