INTERVENÇÃO FARMACÊUTICA JUNTO À ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

Autores

  • Ana Paula Alcântara Acadêmica do Curso de Graduação em Farmácia (Bacharelado) da Faculdade de Educação e Meio Ambiente -FAEMA, Ariquemes, RO, Brasil.
  • André Tomaz Terra Júnior Farmacêutico Industrial / Medicamentos, Mestre em Oncologia Clínica, Terapia Celular e Células Tronco pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – FMRP - USP, Docente do Curso de Graduação em Farmácia da FAEMA. https://orcid.org/0000-0001-7365-5284

DOI:

https://doi.org/10.31072/rcf.v7i2.406

Palavras-chave:

Atenção Básica de Saúde, Doença Crônica não Transmissível, Equipe Multiprofissional, Intervenção Farmacêutica

Resumo

A Atenção Básica visa promover e proteger a saúde da família, evitar agravos, diagnosticar, tratar e reabilitar os portadores de doenças crônicas não transmissíveis como Diabetes Mellitus (DM), Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), Insuficiência Cardíaca, Acidente Vascular Cerebral e outras. O objetivo desta pesquisa bibliográfica é descrever a importância da intervenção farmacêutica junto à Atenção Básica de Saúde da Família. A metodologia utilizada foi de revisão de literatura com estudos em obras elaboradas por outros autores e publicadas e indexadas na base de dados Scientific Electronic Library Online (SCIELO), Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e outras plataformas eletrônicas no período de 2005 a 2015. Das 56 obras selecionadas, resultaram em 32 publicações utilizadas nesta pesquisa. O estudo aponta que a Estratégia de Saúde da Família dentro dos preceitos do Sistema Único de Saúde e Ministério da Saúde realizará por meio da equipe multiprofissional a manutenção da saúde e da atenção integral da população. Conclui-se que a intervenção farmacêutica é importante para o estreitamento dos laços com a comunidade e a gestão dos medicamentos de uso contínuo empregados no tratamento da DM e HAS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Alcântara, Acadêmica do Curso de Graduação em Farmácia (Bacharelado) da Faculdade de Educação e Meio Ambiente -FAEMA, Ariquemes, RO, Brasil.

A Atenção Básica visa promover e proteger a saúde da família, evitar agravos, diagnosticar, tratar e reabilitar os portadores de doenças crônicas não transmissíveis como Diabetes Mellitus (DM), Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), Insuficiência Cardíaca, Acidente Vascular Cerebral e outras. O objetivo desta pesquisa bibliográfica é descrever a importância da intervenção farmacêutica junto à Atenção Básica de Saúde da Família. A metodologia utilizada foi de revisão de literatura com estudos em obras elaboradas por outros autores e publicadas e indexadas na base de dados Scientific Electronic Library Online (SCIELO), Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e outras plataformas eletrônicas no período de 2005 a 2015. Das 56 obras selecionadas, resultaram em 32 publicações utilizadas nesta pesquisa. O estudo aponta que a Estratégia de Saúde da Família dentro dos preceitos do Sistema Único de Saúde e Ministério da Saúde realizará por meio da equipe multiprofissional a manutenção da saúde e da atenção integral da população. Conclui-se que a intervenção farmacêutica é importante para o estreitamento dos laços com a comunidade e a gestão dos medicamentos de uso contínuo empregados no tratamento da DM e HAS.

Downloads

Publicado

2016-12-12

Como Citar

Paula, A., & Tomaz, A. . (2016). INTERVENÇÃO FARMACÊUTICA JUNTO À ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE DA FAMÍLIA. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 7(2), 13–32. https://doi.org/10.31072/rcf.v7i2.406

Edição

Seção

Artigos (Ciências da Saúde)