PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O ENSINO DE ELETROQUÍMICA NO ENSINO MÉDIO

Autores

  • Elianne Jovino de Melo
  • Bruno de Oliveira Poletto Faculdade de Educação e Meio Ambiente - FAEMA
  • Reudes Dias dos Santos
  • Filomena Maria Minetto Brondani

DOI:

https://doi.org/10.31072/rcf.v7i2.410

Palavras-chave:

Ensino de Química, Eletroquímica, Pilhas e Baterias, Contextualização.

Resumo

O ensino de eletroquímica, geralmente, abordado no segundo ano do Ensino Médio, é um conteúdo considerado complexo pelos alunos quando trabalhado de forma teórica. Este estudo, além de discutir aspectos relacionados a metodologias ativas de ensino, propõe como fator motivador da aprendizagem em eletroquímica, uma metodologia fundamentada em um experimento simples, relacionado com o cotidiano dos alunos, o qual propõe uma interação entre a teoria e prática, através da realização do experimento da calculadora com limões utilizando placas de zinco e cobre como forma de gerar corrente elétrica. Tendo como princípio o trabalho em grupo na construção do conhecimento através da prática e na elaboração de conceitos básicos da eletroquímica a partir da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elianne Jovino de Melo

Especialista, graduada em Licenciatura em Química da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – Ariquemes – RO.

Bruno de Oliveira Poletto, Faculdade de Educação e Meio Ambiente - FAEMA

Especialista, Graduado em Licenciatura em Química da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – Ariquemes – RO.

Reudes Dias dos Santos

Graduado em Licenciatura em Química da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – Ariquemes – RO.

Filomena Maria Minetto Brondani

Mestre, graduada em Licenciatura em Química, docente da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – Ariquemes – RO.

Downloads

Publicado

2016-12-12

Como Citar

Melo, E. J. de, Poletto, B. de O., Santos, R. D. dos, & Brondani, F. M. M. (2016). PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O ENSINO DE ELETROQUÍMICA NO ENSINO MÉDIO. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 7(2), 111–125. https://doi.org/10.31072/rcf.v7i2.410

Edição

Seção

Artigos (Ciências da Educação)