Primeiro emprego: o perfil do adolescente e o papel do psicólogo frente a esta nova etapa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31072/rcf.v8i2.546

Palavras-chave:

Primeiro Emprego, Psicologia, Avaliação psicológica, Adolescência

Resumo

A inserção do jovem no mercado de trabalho é um dos complexos processos que compõem a chamada transição para a vida adulta e é justamente nessa fase que circula todos os medos a respeito da primeira colocação no mercado de trabalho. O presente artigo discute os impasses da inserção profissional e o perfil do adolescente de 14 a 17 anos que estão em busca de seu primeiro emprego e o papel do psicólogo diante desta etapa vivenciada por este sujeito. Objetivos: Analisar os impasses da inserção profissional e o perfil dos adolescentes que estão em busca de seu primeiro emprego e o papel do psicólogo diante desta etapa vivenciada por este indivíduo, além do mais, identificar qual o perfil de liderança predominante no grupo que buscam tal vaga, quais os principais sentimentos dos pesquisados frente à busca e enfatizar a importância do psicólogo no âmbito organizacional. Métodos: Foi aplicado questionários que referem-se ao IAT- Inventário de Atitudes no Trabalho o qual pretende colher dados sobre as atitudes do sujeito em relação a cinco tópicos básicos do trabalho e a Escala de Bem-Estar Subjetivo (EBES) que busca compreender a avaliação que as pessoas fazem de suas vidas. Resultados e Discussão: Os dados obtidos revelam que as crenças e sentimentos pertencentes a tais sujeitos frente à busca dessa colocação no mercado de trabalho são positivas, além do mais, apresentam um perfil de liderança maduro o que permite observar a eficácia no preparo de tais jovens para o mercado de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-15

Como Citar

Moraes, H. C. P., Rocha, V. H. C., Bergamini, G. B., Samuelsson, E., Joner, C., Schneider, L. F., & Menz, P. R. (2017). Primeiro emprego: o perfil do adolescente e o papel do psicólogo frente a esta nova etapa. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 8(2), 17–30. https://doi.org/10.31072/rcf.v8i2.546

Edição

Seção

Artigos (PSICOLOGIA)