Adubação e nutrição da batata-doce: uma revisão

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31072/rcf.v8i2.569

Palavras-chave:

Ipomoea batatas L, Fertilidade do solo, Fertilizantes, Adubação orgânica, Adubação mineral

Resumo

A batata-doce é uma cultura importante para alimentação da população, sendo rica em proteínas, fibras, nutrientes como potássio (K), fósforo (P), cálcio (Ca), magnésio (Mg), ferro (Fe), manganês (Mn), cobre (Cu), e compostos bioativos. É cultivada em geral por pequenos produtores. No Brasil, a produtividade obtida é muito inferior ao potencial produtivo da cultura. A nutrição e adubação da cultura da batata-doce é um tema bastante complexo e contraditório. O objetivo deste trabalho foi analisar os trabalhos existentes na literatura a respeito desse tema, visando melhorar a compreensão das questões relacionadas a adubação e nutrição e da batata-doce. Por meio dessa revisão, conclui-se que a batata-doce tem alta capacidade de produção, mesmo em condições de baixa fertilidade do solo. Porém novas pesquisas são necessárias, já que muitos resultados obtidos até a atualidade são ainda controversos. Nesse sentido, o presente trabalho sugere algumas práticas que podem auxiliar a obtenção de altas produtividades: evitar utilizar doses de nitrogênio (N) maiores que 150 kg ha-1; parcelar a adubação nitrogenada em 33% no plantio, 33% aos 30 dias após o plantio (DAP) e 33% aos 60 DAP; procurar equilibrar as doses de N e K, evitando aplicar doses de N muito mais altas que a de K; não utilizar doses de P maiores que 200 kg ha-1; em solos com baixo teor de B, aplicar 1 a2 kg ha-1 de boro (B). Em solos com alta fertilidade, a adubação orgânica com doses de 25-30 t ha-1 de esterco bovino é suficiente para a obtenção de boas produtividades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-15

Como Citar

Oliveira, L. O. F. de, Soares, E. R., Queiroz, S. F. de, Martínez, E. O., Silva, M. S. da, Nogueira, A. E., Ferreira, E. S., & Vezzaro, A. de F. G. da S. (2017). Adubação e nutrição da batata-doce: uma revisão. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 8(2), 70–90. https://doi.org/10.31072/rcf.v8i2.569

Edição

Seção

Revisões de Literaturas (CIÊNCIAS AGRÁRIAS)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.