ENTOMOFAGIA: UMA OPÇÃO SUSTENTÁVEL

Autores

Palavras-chave:

Fonte de proteína, Entomofagia, Insetos, Alimentação sustentável

Resumo

A ONU prevê que até o ano de 2050 a população mundial cresça de maneira considerável, e consequentemente necessitará de mais fontes alimentares (1). Diante disso, o consumo de insetos torna-se uma alternativa de fonte sustentável de proteína, ou seja, apresenta um menor impacto ambiental e uma rentabilidade também maior (2). O objetivo deste resumo é mostrar a benesse da utilização de insetos comestíveis como fonte proteica. Para este trabalho foram pesquisados artigos científicos nas seguintes bases de dados: Google Acadêmico e Scielo. O consumo de insetos é conhecido como entomofagia, e essa forma de consumo alimentar envolvem também algumas questões culturais (3). A falta de conhecimento sobre as propriedades nutricionais é um dos fatores que contribui para a pequena utilização do consumo de insetos, como uma estratégia viável na substituição dos alimentos tradicionais, garantindo assim, a segurança alimentar global em eventuais casos (4). Diversos estudos mostram que a composição de insetos como: grilos adultos, larvas de farinha amarela e gafanhotos adultos é considerada rica em magnésio, ferro e zinco, se destacando com um teor de proteína que varia de 52,35 a 76%, quando comparamos o perfil de aminoácidos estabelecido pela Organização Mundial de Saúde e uma contribuição energética de 435 a 453 kcal/100g (5). Os insetos possuem altas taxas de eficiência na conversão alimentar por serem animais de sangue frio, por exemplo, os insetos podem converter 2 kg de alimentos em 1 kg de massa corporal, enquanto os bovinos necessitam de 8 kg de alimento para produzir a mesma quantidade de massa corporal, sendo assim, pelo fato de os insetos apresentarem riqueza nutricional, estes se tornam uma possível fonte de nutrientes e suplementação alimentar, que pode ser importante principalmente para seres humanos subnutridos (6). Por fim, atualmente o preço por quilograma (kg) não é viável, isso ocorre devido possuirmos uma baixa oferta do alimento já que a criação de insetos para consumo ainda é muito baixa, entretanto, a medida em que os insetos sejam cada vez mais aceitos pela sociedade como possível fonte de alimento, esse problema poderá ser resolvido (7). Considerando que, os impactos ambientais dos atuais meios de produção vêm crescendo, espera-se que, o incentivo à produção e ao consumo de insetos comestíveis também cresça, apresentando-se como uma alternativa sustentável de consumo. Desta forma, são necessários cada vez mais estudos e a ampliação da divulgação para que ocorra uma mudança de percepção em relação ao tema (entomofagia) e para que cada vez mais pessoas considerem o consumo de insetos ou seus derivados como alternativa de consumo em suas refeições.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-02-24

Como Citar

Muniz Duarte, S. ., Tiecher, P. R., Lima Moreira, A. ., Samuelsson, E., Ferreira, L., & Correa dos Santos, F. . (2022). ENTOMOFAGIA: UMA OPÇÃO SUSTENTÁVEL. Revista Científica Da Faculdade De Educação E Meio Ambiente, 13(edespmulti). Recuperado de https://revista.faema.edu.br/index.php/Revista-FAEMA/article/view/967